terça-feira, 27 de agosto de 2013

Estimulando

Quando o médico da Alice, me disse pela primeira vez que eu deveria estimulá-la muito, eu não fazia ideia de como fazer isso. Na verdade, todos os pais devem estimular muito os seus bebês, sempre. Isso faz parte do processo de desenvolvimento dos pequenos.

Mas.. e como estimular então?

É muito mais fácil e simples do que imaginamos. Garanto que muitos pais estimulam muitos seus filhos e às vezes nem percebem. Os estímulos podem ser visuais, sonoros, físicos, sensoriais... Quando a mamãe ainda grávida, conversa com seu bebê, já está estimulando a audição do pequeno e ele poderá reconhecer a voz assim que nascer e mamãe falar com ele pela primeira vez.
Quando ao amamentar a mãe faz contato visual com seu neném, ela o está estimulando a gravar o seu rosto, o que durante algum tempo é o que ele mais vai ver. Quando ao vestir o bebê tocamos ele, fazemos carinho, massagens, ele está sendo estimulado ao toque, e já podemos ver algumas reações, como cócegas, sorrisos ou desconforto. Quando colocamos os bebês sentados ou de bruços, estamos estimulando a fazerem movimentos diferentes, tentarem coisas novas, ter outras percepções do ambiente.

Toda experiência diferente é um estímulo ao bebê. Brinquedos de diferentes texturas, tamanhos, cores e formatos. Músicas, sejam elas dos móbiles, ou nós mesmas cantarmos, ou colocar um CD e DVD e cantar também, pintura, leitura...  E os passeios então?? São estímulo puro! Ao levar os bebês ao parque, playground, passear na rua, em lojas, qualquer lugar, estamos apresentando o mundo a eles, e o mundo nada mais é do que um grande universo sensorial!!! Deixá-los tocar e pisar na grama, na areia (cuidado com isso!), na terra, na lama, enfim... é muito simples e divertido estimular um bebê, basta querer tirar aquele tempinho para se dedicar, brincar, e se divertir muito também!



Todo mundo sai ganhando...

Nenhum comentário:

Postar um comentário