quinta-feira, 8 de agosto de 2013

Adiantado? Atrasado?

"Meu filho já está andando!" "Meu filho já fala papai e mamãe!" 

O tempo... Como podemos saber se alguma evolução está adianta ou atrasada?
Os pais tem um costume, que digamos por aqui, feio e inconveniente. Querer comparar as coisas que seus filhos fazem, com as demais crianças, querer se vangloriar quanto aos demais.
Agora eu faço uma pergunta, como você pode assim julgar se isso está atrasado ou adiantado? Como afirmar algo sem ter em base regras, aliás, que regras?
Cada criança tem um tempo para sua evolução, seja ela, falar, andar, e tanta outras coisas, basta a nós pais, avós, dindos, tios, amigos e conhecidos respeitar o tempo de cada criança.
Seu filho falar com 9 meses, ou andar com 7 meses, não vai fazer com que ele seja no futuro um CEO da Microsoft, ou até mesmo o Presidente do Brasil. 
Se bem lembrarmos, no nosso tempo de escola, sempre teve aquele aluno que decorava a tabuada inteira, já outros precisavam ficar de castigo sem recreio, pois não decoraram. Alguns saíram da 3ª série sem saber fazer um conta de dividir, ou sem conseguir resolver um problema de matemática, mas quem sabe essa mesma criança sabia tudo sobre geografia e história. 
Aqueles que patinaram em certas etapas da vida, ou que tiravam notas baixas na escola, quem sabe hoje até mesmo são grandes empresários, CEOs, diretores ou pilotos de avião, e pode ser que aqueles que faziam tudo em "seu tempo certo" e alunos nota 10 na escola, hoje não passam de pessoas comuns e normais.

Então que tal respeitarmos o tempo certo dos nossos filhos?
Muita cobrança pode gerar a eles uma situação incomoda, um stress desnecessário.
Deixamos a eles a livre escolha dos seus fazeres e evoluções, e deixar que eles escolham seus futuros.

Que possamos respeitar os seus sonhos, aquele de ser médico, de ser veterinário, de ser caminhoneiro, de ser piloto de avião, de ser jogador de futebol, ou seja lá qual profissão for escolher.
Quando eu era criança, quando me perguntavam o que eu iria estudar, eu respondia: "vou fazer faculdade de caminhoneiro para ser igual meu tio e meu vô!", e olha só, hoje trabalho com comércio exterior, tudo haver não é mesmo? =/


Seu tempo, meu tempo, o tempo deles, qual é o certo?



Juliano Rafael Krause, o Papai da Alice


4 comentários:

  1. Isso mesmo amor, mais importante do que vermos nossa bebê progredido e evoluindo, é respeitarmos o tempo para que ela vença cada etapa.
    Beijos e parabéns pelo texto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade,meus amados,tudo tem seu tempo certo.A Alice vai surpreender a todos.

      Excluir
  2. Engraçado, a poucos minutos de ler seu post comentei com o Marcos que uma irmã dele me disse... "Nossa o Vitor ainda ta falando tão enrolado..." acredita??? Só pq ele tem uma prima q é 3 meses mais nova q ele e fala tudo direitinho... imagina o q tive vontade de responder, ne??? Devia ter dito que ele fala enrolado pq é muito agitado para ter paciência de organizar as silabas na cabeça antes de falar, ja ela é muito lenta p entender o tempo de cada um... E como vc disse podemos não ter habilidade numa coisa, mas sermos ótimos em outra, ele conta até dez, reconhece o trajeto para os diferentes lugares que costuma ir, reconhece as formas geométricas em tudo a sua volta e fica mostrando , olha o círculo, olha o triangulo...kkk e muitas outras coisas que não preciso ficar enumerando a pessoas que não tem essa consciência, como te falo ... to nem aí...kkk Bjsssss

    ResponderExcluir
  3. Essa comparação é um saquinho né Cy?? Algumas pessoas não se tocam mesmo. Os médicos vivem dizendo que devemos respeitar o tempo de cada bebê, seria bom se todos fossem programados para serem iguaizinhos, mas que graça teria né???
    Beijos querida, saudades.

    ResponderExcluir